Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

One Comment

O número 15 - brnd.ws

15 é um número mágico neste pais. Um número que aliás choca os europeus quando cá chegam e que, por sua vez, (curioso ou talvez não) choca os americanos quando vão a Europa (pela sua ausência, está-se a ver). Não! Não há conteúdo libidinoso neste número (bom, ele há tarados para tudo), estou a falar da percentagem habitual de tip (vulgo gorja) que neste país se dá a quem quer que seja. Vamos no táxi e vem a continha? Acrescenta 15%. Estamos no restaurante e vem a continha? Mais 15% em cima (e entretanto já meteram os 7% em cima que por acaso não estão incluídos nos preços do menu). Estamos no bar e vem a continha? Adivinhem? Pois bem, 15%. E por aí fora ao homem da pizza, o picheleiro (canalizador abaixo do rio Douro), a mulher da limpeza, o porteiro e a PQP. Em geral, só no McDonald’s não se paga gorja, com alguma coisa temos que castigar essa gente que vende carne mastigada.
A malta habitua-se de tal forma que da última vez que estive na terrinha quase dava 5 eypos de gorja depois de tragar uma francesinha e 2 finos. Emigras!
Para aqueles que estão chocados, devo dizer que 15% é o mínimo aceitável, a menos que o empregado tenha cuspido na comida ou lambido o garfo (nesse caso poderá ser aceitável dar APENAS 10% de gorja). Na realidade, se o serviço foi bom (ou seja, se para o padrão europeu o serviço de facto merece uma gorja), então de 15% devemos passar a 20%. Modestinho.
Portanto, conselhos ao turista incauto. Treinem as multiplicações antes de vir para cá, não vá ser que de repente estejam a pagar 50% de gorja e ainda a chamar lorpa ao empregado a pensar que pagaram 5%. Não arrisquem não pagar gorja, podem realmente ser perseguidos pelo empregado. Na via das dúvidas, se quiserem limitar o nível de frustração paguem 10% e digam que o empregado espirrou para cima do prato, com um pouco de sorte tem uma refeição grátis.
Conselho do dia: Para aqueles que não dominarem a multiplicação, podem calcular os 15% dividindo o valor por 10, depois esse valor por 2 e somar os 2 valores. Lá estão os 15%. Esta foi grátis, desta vez escapam a tip.

Comments

  1. H4rdDrunk3r

    a inevitável comparação… Em Itália, esse fenómeno da gorja a que ninguém escapa dá pelo nome de Coperto. Significa que sempre que queiras sentar o rabinho num qualquer bar/restaurante do país, pagas, no mínimo, 3€ para o fazer. Valor esse que vai aumentando consoante o nível de “chiqueza” onde te encontras.

    Não há nada como viver aqui na parvónia…

Submit a Comment